Como prevenir e tratar um AVC?

Em Portugal, O AVC mata duas pessoas por hora. Números verdadeiramente aterradores que devem merecer toda a nossa atenção.

É importante reconhecer os sinais de um acidente vascular cerebral e quanto mais cedo melhor. Quando falamos de um AVC, cada minuto conta. Esta doença danifica os tecidos cerebrais, mas esses danos podem ser minimizados caso a vítima se dirija rapidamente a um hospital.

Sinais e sintomas do AVC

Se experienciar algum destes sintomas, deve imediatamente ligar para o 112 ou dirigir-se a um hospital:

- fraqueza numa mão, braço ou perna;

- paralisia num dos lados do corpo;

- súbita falta de clareza ou perda de visão (nos 2 olhos ou em apenas 1);

- súbita dificuldade em falar;

- incapacidade de perceber o que alguém lhe está a dizer;

- tonturas ou perda de equilíbrio;

- repentinas e duradouras dores de cabeça insuportáveis.

O que fazer quando alguém sofre um AVC?

O mais importante é identificar e tratar uma vítima de AVC o mais rápido possível. Os sinais de aviso podem demorar tanto alguns minutos como alguns dias. Eis o que deve fazer quando suspeitar que alguma pessoa ao seu lado pode estar em vias de sofrer um AVC:

  • Cara – Peça à pessoa para sorrir. Uma parte da cara fica inclinada para baixo?
  • Braços – Peça à pessoa para levantar ambos os braços. Um dos braços fica em baixo?
  • Fala – Peça à pessoa para dizer uma frase simples. As palavras são de difícil compreensão?

Se a resposta a alguma destas perguntas é “sim”, então existe uma forte probabilidade de a pessoa estar em vias de sofrer um AVC. Se assim for, deves despachar-te. As células do cérebro estão a morrer. Agir com rapidez é fundamental.

De modo a evitar que a morte das células cerebrais seja tão grave ao ponto de deixar a pessoa incapacitada, o tratamento deve começar até 60 minutos do início dos sintomas acima descritos.

Leave a Reply